quinta-feira, 13 de setembro de 2007

DALAI LAMA DEFENDE AUTONOMIA DO TIBETE.

O Lider espiritual tibetano Dalai Lama defendeu hoje a autonomia do Tibete numa audiência na Assembleia da República com representantes de todos os partidos, onde falou também da harmonia religiosa e dos valores humanistas.
«Expliquei a natureza dos problemas do Tibete e deixei muito claro que não estamos à procura da independência (...) Devemos ter uma autonomia significativa e a vários níveis», explicou o líder budista aos jornalistas, no final de uma audiência privada com a comissão parlamentar de Negócios Estrangeiros, que durou cerca de uma hora.
Dalai Lama salientou que o Tibete terá «maiores benefícios» se continuar ligado a um país «maior e mais avançado» como a China. «Todos os tibetanos querem modernizar o Tibete«, salientou.
Questionado pelos jornalistas sobre a presença do Partido Comunista Português na reunião, representado pelo deputado Jorge Machado, o líder espiritual tibetano considerou-a positiva. «Bom, muito bom. Eu disse-lhe que ele é um comunista muito novo. Eu sou um velho marxista, ele é um novo marxista», comentou Dalai Lama, salientando que muitos tibetanos, «combatentes pela liberdade», são comunistas. Segundo fontes de outras bancadas, o deputado do PCP saudou o líder budista no início da reunião mas não fez qualquer pergunta ao Dalai Lama, ao contrário dos restantes partidos. Esta é a primeira vez que o Dalai Lama foi recebido pela Assembleia da República - antes da audiência com os deputados esteve reunido com o presidente do Parlamento Jaime Gama durante uma hora. Em Novembro de 2001, o Dalai Lama foi recebido fora do Parlamento, num hotel de Lisboa, por deputados do PS, PSD, CDS-PP e BE e pelo então Presidente da República, Jorge Sampaio, fora do Palácio de Belém, no Museu Nacional de Arte Antiga. O Dalai Lama chegou quarta-feira a Lisboa para uma visita de cinco dias. Além de uma conferência pública, estão previstos encontros com deputados e com o Alto Representante das Nações Unidas para a Aliança das Civilizações, Jorge Sampaio. O Dalai Lama, Prémio Nobel da Paz em 1989 pela sua dedicação não-violenta pela causa do Tibete, partiu para exílio na Índia em 1959 quando o exército chinês ocupou a região. Desde 1993 que o Dalai Lama não tem contactos directos com Pequim, que considera o líder tibetano como um separatista, devido à sua posição inicial que reclamava a independência do Tibete. Desde então, o Dalai Lama abandonou as exigências inicias de independência e o objectivo é agora uma «autonomia real e significativa» que preserve a cultura, língua e ambiente do Tibete.
in: Diário Digital / Lusa 13-09-2007 18:31:00
«Acredito que o objetivo da nossa vida seja a busca da felicidade. Isso está claro. Quer se acredite em religião ou não, quer se acredite nesta religião ou naquela, todos nós buscamos algo melhor na vida. Portanto, acho que a motivação da nossa vida é a felicidade.»

"Quando a sua ajuda aos semelhantes é fruto de motivação e preocupação sinceras, isso lhe traz sorte, amigos, alegrias e sucesso. Se você desrespeita os direitos dos outros e descuida-se do bem-estar alheio, acabará imensamente solitário."
in: Dalai Lama

16 Comentários:

Blogger A. João Soares disse...

Cara Maria Faia,
Gostei de aqui encontrar a imagem deste grande pensador. Também coloquei no meu blog dois textos acerca das confusões geradas à volta da sua visita.
Não percebo o que levou o PM a dar prioridade à visita do cantor Bob Geldof. Que interesses dos portugueses estarão em jogo?
Um abraço

14 de setembro de 2007 às 08:14  
Blogger avelaneiraflorida disse...

Que venha em paz ...quem vier por bem!!!!!

Não era assim que se dizia, hospitaleiramente, a quem nos visitava?????

Bjks

14 de setembro de 2007 às 08:37  
Blogger Sophiamar disse...

Pela Paz, pela Tolerância, pela Solidariedade,pela Liberdade viajou o Dalai Lama. Pela autonomia do seu Tibete!
Um post muito bonito, que voltarei a ler.

Beijinhos

14 de setembro de 2007 às 09:54  
Anonymous aramis disse...

Querida Maria Faia,

Ao ler hoje na imprensa a forma como o Dalai Lama foi recebido pelas autoridades portuguesas, fiquei contente, pois no minimo é um homem de Paz e que defende os direitos humanos. Só por isso, merece alguma deferencia.

Gostei imenso da forma como apresentou este artigo, as fotos muito bem escolhidas a fazer brilhar ainda mais as palavras tão importantes. Parabens!

Irei passando para reler...

Beijinhos

14 de setembro de 2007 às 16:37  
Blogger o guardião disse...

Não foi por acaso que recebeu o Prémio Nobel da Paz. O governo português e o Presidente da República, com ou sem pedido formal devíam ter procedido de outro modo. Reparem no que vai acontecer na visita do Dalai Lama a Berlim e na atitude da chanceler alemã.
Apetece-me perguntar se a causa dos Direitos Humanos está na agenda do governo de Portugal, ou se os negócios forçaram a sua retirada.
Cumps

14 de setembro de 2007 às 23:59  
Blogger Carminda Pinho disse...

E que queremos nós, senão Paz e Liberdade?
Quem poderá ter "medo" deste homem?
Fracos, é o que são...
Beijinhos

15 de setembro de 2007 às 01:08  
Blogger CHEVALIER DE PAS disse...

É PRECISAMENTE ISSO QUE QUESTIONO

que mal poderá fazer aquele homem?

abraço maria

16 de setembro de 2007 às 00:17  
Blogger Mário Margaride disse...

Amiga Maria,

Admiro todo o ser humano. Que sempre lutou e luta, pela não violência, e pela tolerância.
E sem dúvida que o Dalai Lama, é uma dessas figuras emblemáticas, na dos ditreitos humanos e da tolerância.

Oxalá consiga, a autonomia para o TIBETE.

Bom Domingo

Beijinhos

16 de setembro de 2007 às 14:33  
Anonymous aramis disse...

Querida Maria Faia,

Passei e parei um pouco...
Aqui fica o desejo de um bom Domingo e um grande beijinho.
Tenho saudades suas!

16 de setembro de 2007 às 14:45  
Blogger Meg disse...

Maria Faia,
Este é um homem de paz e de solidariedade. Um homem bom e simples. Um verdadeiro Nobel da Paz.
E se não recebemos bem as pessoas de bem, mal vai este pobre país.
Beijinhos

16 de setembro de 2007 às 15:39  
Blogger SILÊNCIO CULPADO disse...

Que bom que era se esta mensagem chegasse a todos os corações ou, pelo menos, a uma grande parte deles. Num mundo egoista e materializado em que se recebe com honrarias os senhores da guerra não abrimos as portas aos senhores da paz.

16 de setembro de 2007 às 16:33  
Blogger J.G. disse...

Naturalmente que a presença do líder do tibete na Assembleia foi o mínimo que poderia ser feito para remendar a suserviência do governo aos desígnios de Pequim.

A procura da felicidade é inerente ao Homem, sem a menor dúvida.

Um abraço.

16 de setembro de 2007 às 20:47  
Blogger lucia duarte disse...

acima de tudo um grande pensador!
coloco a questão: estaremos a caminhar para uma sociedade cada vez mais solitária?

17 de setembro de 2007 às 00:57  
Blogger Freyja disse...

un gran hombre y bello de corazon que ha dejado huellas en el mundo
hermoso trabajo
una linda semana y que estes muy bien, te dejo muchos cariños amiga
mil besitos


besos y sueños

17 de setembro de 2007 às 01:10  
Blogger papagueno disse...

Alguém pergunta por aqui "que mal pode fazer este homem?". Eu respondo que para os líderes do nosso mundo são mais perigosos aqueles que lutam pela paz que os que os que só têm guerra e ódio nos corações. Se não acreditam perguntem-se porque é que os grandes homens de paz do século passado foram assassinados.
Beijos

18 de setembro de 2007 às 07:02  
Blogger Ambientalistas da Amadora disse...

"O que é o Zen?" com sensei Amy Hollowell

Em Coimbra, palestra, sexta-feira dia 28 de Setembro, às 19h
Local: no edifício da Associação Académica de Coimbra, auditório Salgado Zenha entrada livre

No Porto, sábado dia 29 de Setembro, das 10h às 17h
Programa: introdução ao Zen, introdução à prática da meditação
Local: UBP Porto, rua da Restauração, 463, 2.º Porto
Contribuição: €30 (estudantes e membros €25)

Em Lisboa, domingo dia 30 de Setembro, das 14h30h às 17h30
Programa: introdução ao Zen, introdução à prática da meditação
Local: UBP Lisboa, Calçada da Ajuda, 246, 1o dto 1300 Lisboa
Contribuição: livre

http://zenscribe.ovh.org/
http://zen-pt.blogspot.com/
http://uniaobudista-porto.blogspot.com/

19 de setembro de 2007 às 18:17  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial