domingo, 15 de março de 2009

PORQUE A MALDADE E CRUELDADE NÃO PODEM IMPERAR...

É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.
É urgente destruir certas palavras.
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.
É urgente inventar alegria, multiplicar os beijos, as searas.
É urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.
Cai o silêncio nos ombros
e a luz impura, até doer.
É urgente o amor.
É urgente Permanecer.
Autor: Eugénio de Andrade

8 Comentários:

Blogger Meg disse...

Maria Faia,
É urgente o amor, a solidariedade, a esperança, olhar para o que nos rodeia, estender a mão aos que mais necessitam - e são tantos! - é preciso estar atento, é preciso não desistir...apesar de tudo.

Bem hajas, minha amiga.

Beijo

15 de março de 2009 às 16:00  
Blogger Jorge P.G disse...

Uma bela escolha como regresso que saúdo com o mesmo entusiasmo com que sempre a incentivei a continuar.
Gente boa, precisa-se, e hoje cada vez mais, neste mundo de mentiras e de espadas.

Um abraço com ternura.

15 de março de 2009 às 21:17  
Blogger O Guardião disse...

Saudade, uma palavra que aqui eu julgo poder aplicar.
Gostava de poder inventar a alegria, gostava até de sentir menos o desencanto e as injustiças, mas nem sempre o consigo.
Bom regresso.
Cumps

15 de março de 2009 às 22:12  
Blogger Bipede Implume disse...

Tudo lindo como era de esperar vindo da Maria Faia.
Estou tão entusiasmada com este regressso que o que eu quero dizer para já é: Bem-vinda Maria.
Que saudades.
Fico feliz porque já fazia falta e também porque não me enganei quanto à mulher por detrás do blog. Forte e serena.
Um óptimo regresso.
Beijinhos.

17 de março de 2009 às 19:38  
Blogger C Valente disse...

Saudações amigas

17 de março de 2009 às 22:38  
Blogger Isamar disse...

Sê bem-vinda, Maria Faia! Faz-nos falta gente de bem neste reino tão vasto onde há um pouco de tudo.
Saúdo o teu regreso com um poema que me é tão grato. É urgente o amor como são urgentes a honestidade, a transparência, a verdade...

Fico feliz com o teu regresso, amiga.

Bem-hajas!

Beijinhos

18 de março de 2009 às 06:48  
Blogger Carminda Pinho disse...

Olá, Maria Faia!
É urgente, não dar valor a quem não o tem.
Nunca desistas dos teus ideais.

Beijos

20 de março de 2009 às 02:06  
Anonymous Joaninha disse...

POde crer nínguem por mais cruel que seja, ainda bem que todos os nossos amigos não vivem da sua crueldade!

Bjs deixo mutas saudades...@

14 de abril de 2009 às 15:48  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial