sábado, 28 de julho de 2007

PAZ

"Há muitos incrédulos acerca das minhas repetidas afirmações, ao longo do tempo, de que o mundo será melhor com a Paz obtida através da negociação e não da guerra. Por mais difícil que seja a negociação, ela terá sempre melhores efeitos do que a guerra, mesmo para o vencedor. Se todos (cada um de nós) expressarmos uma opinião sensata e construtiva, será criada uma onda de bom senso que produzirá efeito na política internacional. Embora tal resultado não seja rápido e visível de forma espectacular, ele acabará por surgir. Aliás, já há sinais positivos. "
Artigo publicado pelo Amigo João Soares in Do Mirante
Ler mais... A este excelente trabalho, deixo apenas o comentário:
Na verdade, se todos nós movimentarmos a onda da paz, ela crescerá e tornar-se-á num "tsunami", não de dor e sofrimento, mas de alegria, concórdia e fraternidade.
CONSTRUAMOS TODOS A PAZ NO MUNDO.

19 Comentários:

Blogger avelaneiraflorida disse...

Maria Faia,

para a construirmos...primeiro temos de semear o coração de todos os seres humanos...

Comecemos, pois, a sementeira!!!!!

Bjks

28 de julho de 2007 às 08:34  
Blogger Zé Povinho disse...

Enquanto predominar a ganância e a inveja, teremos sempre conflitos, mais ou menos graves. A tal competitividade que se exalta, nunca apresenta regras e mais se assemelha à lei da selva. As pessoas são pessoas, nunca números ou meras estatísticas.
Temos muito que semear, nas nossas casas, com os nossos filhos e familiares, com os amigos e com o recurso aos meios que temos à nossa disposição. Venham mais, que todos não seremos demais na busca da paz a que temos direito.
Abraço

28 de julho de 2007 às 11:34  
Blogger Jose Gonçalves disse...

Maria Faia

A PAZ será um fim inevitável.
O homem perceberá finalmente que a guerra só conduz à destruição.
Precisamos de reavivar nos corações de todos que a concórdia é o caminho.
A cooperação terá de ser uma realidade e não aquela que apenas visa interesses escondidos.
Um abraço amigo
Já não a veja há uns dias de visita?
José Gonçalves

28 de julho de 2007 às 11:57  
Blogger Sophiamar disse...

Estou inteiramente de acordo contigo. No entanto, não me parece que tão cedo isso aconteça. Será que alguma vez, o homem atingirá a paz e a concórdia à custa do diálogo?
Assim o desejo embora o duvide.É o poder!E a ambição desmedida.
Beijinhos

28 de julho de 2007 às 15:35  
Blogger aramis disse...

Amiga Maria Faia,

A Paz tem mesmo de começar dentro de nós e só assim podemos começar a transmiti-la e a faze-la crescer ao nosso redor.
Tenho esperança que um dia ela se torne num turbilhão branco de emoções!

Gosto imenso da fotografia que escolheu, foi "em cheio"!

Beijos de Paz

28 de julho de 2007 às 16:30  
Blogger amigona avó e a neta princesa disse...

Queiram oshomens e façam por isso que é possível!

28 de julho de 2007 às 17:30  
Blogger Bipede Implume disse...

Como sempre imagens belíssimas e temas que nos fazem meditar.
Bom fim de semana Maria Faia.
Beijos.

28 de julho de 2007 às 22:58  
Blogger Luís Galego disse...

Vamos a isso...temos tendencia a esquecer no momento seguinte. Um obrigado por este apelo...

29 de julho de 2007 às 01:29  
Blogger De Amor e de Terra disse...

Olá Maria Faia, bom dia!!!

Como dizem alguns Amigos Brasileiros..."estou contigo Amiga e não abro!"


Um beijo Amiga; pelo Amor é que vamos!!!

Maria Mamede

29 de julho de 2007 às 09:08  
Blogger Bichodeconta disse...

Tema pertinente amiga..Vivo semeando Paz, e por vezes até devem achar que eu não bato bem!! Pois seja: Imagine se cada vez que alguém nos espicaça nós respondessemos na mesma moeda? A paz é possível, mas é dífíciiiiiil..Já António Aleixo , sábiamaente escreveu há muitos anos..
Á guerra não ligues meia..
Porque alguns grandes da Terra..
Vendo a guerra em Terra alheia..
Não querem que acabe a guerra.. Pois é, infelizmente a guerra é também um grande negócio, e há governantes que não olham a meias para atingir os seus fins.. Pela paz, que tanta falta me faz... Um abraço, Ell

29 de julho de 2007 às 15:43  
Blogger C Valente disse...

Os governantes falam em paz, mas praticam a guerra. (Infelizmente)
O egoismo e ganancia mata a paz
saudações

29 de julho de 2007 às 20:26  
Anonymous ORTOGAL disse...

Como é bela a paz depois de vencida uma guerra justa...

29 de julho de 2007 às 22:31  
Blogger Ludovicus Rex disse...

Sempre Pela Paz.
Um Grande Kiss Amiga

29 de julho de 2007 às 22:35  
Blogger Freyja disse...

querida amiga
la paz es lo que mas necesita el mundo y la buscamos cada uno dia a dia, asi la construimos
mil gracias por tus palabras de apoyo y compañia, desde mi alma gracias amiga
que tengas una hermosa semana y estes muy bien, besitos y muchas gracias


besos y sueños

29 de julho de 2007 às 23:42  
Anonymous XRéis disse...

Enquanto os interesses
“individuais” prevalecerem sobre os interesses comuns jamais teremos paz...
Beijinhos

30 de julho de 2007 às 10:42  
Blogger Meg disse...

Eu quero a paz, nós queremos a paz.
E o negócio do armamento, em que mãos está?
Como é que "eles" hão-de querer a paz, se o negócio é o armamento?
Se alguém souber responder...
Um abraço

30 de julho de 2007 às 13:51  
Blogger TINTA PERMANENTE disse...

É verdade que o poeta diz ser a Paz coisa tão nobre e tão ilustre que tem o céu por terra natal. Mas, na verdade, a História ensina-nos que nunca se é tão eloquente a falar sobre a Paz como quando se acaba de ganhar uma guerra.
Abraço.

30 de julho de 2007 às 16:48  
Blogger papagueno disse...

Acho que acabar com as guerras no mundo é uma utopia. No entanto não podemos nunca desistir de lutar por um mundo melhor.

30 de julho de 2007 às 18:24  
Blogger "o moço da bodega" disse...

Muito difícil, Maria. A ganância exacerbada; a vaidade dos homens são os promotores da intolerância e das guerras.
Mas, façamos cada um a nossa parte.

Abraços

30 de julho de 2007 às 18:54  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial