quinta-feira, 12 de julho de 2007

ATÉ UM DIA QUALQUER...

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios.
Por isso:
Canta... Dança... Ri...
Ama a vida e vive intensamente...
Antes que a cortina se feche,
e a peça termine sem palmas!
( Autor desconhecido)

24 Comentários:

Blogger Ludovicus Rex disse...

Fiquei preocupado contigo.
Gostei do poema, mas fiquei preocupado. Vais continuar na blogosfera não vais?

Um Grande Kiss

12 de julho de 2007 às 23:47  
Blogger Victor Nogueira disse...

Olá

Este post é uma despedida? Ou apenas porque vais de férias?
Escreve-me sempre, se quiseres.
Beijo grande
VM

13 de julho de 2007 às 00:12  
Anonymous Rosana disse...

Maria,
Que belo poema, e quanta verdade nestas poucas palavras! Devemos mesmo viver a vida intensamente, aproveitando as oportunidades que a vida nos oferece, pois nunca sabemos quando as nossas cortinas podem se fechar!
Um grande abraco,
Rosana

13 de julho de 2007 às 01:33  
Blogger avelaneiraflorida disse...

Cantemos, Dancemos, que o Riso nos UNA a todos!!

Porque cantar sózinho...
Porque damçar sózinho...
Porque apenas sorrir...

Deixa-nos muito longe de nós...e dos outros!!!

BJKS

13 de julho de 2007 às 09:07  
Blogger Jose Gonçalves disse...

Olá

Donde conheço eu esta peça?
Nem interessa conhecer o autor...
Fechar cortinas? Depende... algumas têm mesmo de ser fechadas, mas outras haverão para abrir...
Experimente mudar de palco e de cenário...
Beijinhos
JG

13 de julho de 2007 às 12:41  
Blogger Luís Galego disse...

máxima que deviamos ter em atenção a cada instante...

13 de julho de 2007 às 14:41  
Anonymous aramis disse...

Amiga Mariafaia,
Bela escolha este poema!
Senti como que um "pontapé nas costas" e um "abanão" para seguir em frente... As vezes VIVER doi!
Beijinhos

13 de julho de 2007 às 17:16  
Blogger papagueno disse...

Então minha amiga? Isso é uma despedida?
Esperemos que seja um até breve.
Beijos

13 de julho de 2007 às 18:44  
Blogger Mário Margaride disse...

Querida amiga,

Espero que não seja uma despedida.

Fazes aqui falta, querida amiga.

Espero ve-te sempre na linha da frente, no combate contra as injustiças e desigualdades.

Bom fim de semana, e um beijinho

14 de julho de 2007 às 00:53  
Blogger o guardião disse...

Numa altura em que muitos partem para férias, julgo que é a isso que te referes.
Cumps

14 de julho de 2007 às 11:09  
Blogger Bichodeconta disse...

Vou dançar e cantar, redopiar, saltar ao eixo e ao rebaldeixo.. Vou viver a vida o melhor que posso e sei.. E não sei viver sem o meu amor por perto.. Boa semana.

14 de julho de 2007 às 20:39  
Blogger Victor Nogueira disse...

Viva, QuerubimPeregrino, aka Maria Faia

Maria Faia é um anjo sem voz? Ou um diabrete que não houve as perguntas?

Bjo

VM

15 de julho de 2007 às 00:14  
Blogger Maria Faia disse...

Estimado Ludovicus,

Amigo como sempre.
Obrigado.
Claro que continuarei na blogosfera mas, há projectos que abracei que me têm "roubado" boa parte do meu tempo livre.
Outros projectos de cidadania e intervenção.

Um grande beijo para ti também.

15 de julho de 2007 às 10:49  
Blogger Maria Faia disse...

Olá Vitor,

Nem este post, nem qualquer outro, será uma despedida.
Isso só poderia acontecer quando eu estivesse morta, física ou emocionalmente, o que, felizmente, não é ocaso.
Viver, com tudo o que de bom e mau a vida tem, é um privilégio.

Beijo grande para ti também.

15 de julho de 2007 às 10:51  
Blogger Maria Faia disse...

Olá Rosana,

Concordo inteiramente consigo.
Não sou daquelas pessoas que apenas desejam viver os momentos bons da vida. Até porque, são os maus momentos que mais nos ensinam da vida e dos outros. E, eu quero continuar a aprender todos os dias da minha vida.
Também não sou daquelas pessoas que julgam tudo saber, bem pelo contrário.

Nota: Obrigado pela sua visital tão amável e, volte sempre sempre a este cantinho do mundo chamado Portugal.

Um abraço para si também

15 de julho de 2007 às 10:56  
Blogger Maria Faia disse...

É isso mesmo Amiga Avelaneiraflorida,

Cantemos, dancemos, sorriamos... numa palavra: VIVAMOS.
A bem connosco e com o mundo, por muito cruel que ele possa ser para com alguns, principalmente os mais desfavorecidos.
Lutemos contra todas as formas de exploração, marginalização, mentira e obstrução da Paz e da Justiça social.
E, façamo-lo com Amor e Paixão.

Um beijo amigo para si.

15 de julho de 2007 às 11:00  
Blogger Maria Faia disse...

Amigo José Gonçalves,

Como sempre, as suas palavras são sábias e perspicazes.
O meu amigo vê e sente onde o comum dos seres mortais não chegam.
Obrigado pela sincera amizade com que brinda esta sua amiga.

Beijinho amigo

15 de julho de 2007 às 11:03  
Blogger Maria Faia disse...

É verdade Luís,

Mas, como seres imperfeitos que somos, por vezes esquecemo-nos dela.

Obrigado pela amável dedicatória que me ofereceu no seu cantinho. Sensibilizou-me.

Um abraço para si.

15 de julho de 2007 às 11:06  
Blogger Maria Faia disse...

Olá Aramis,

Muitas vezes, precisamos mesmo sentir como que um "pontapé nas costas" e um "abanão" para seguir em frente...
E seguimos porque, somente o que é importante na vida nos deve absorver.

Beijo amigo

15 de julho de 2007 às 11:09  
Blogger Maria Faia disse...

Estimado Amigo Papagueno,

Como poderia eu despedir-me asim, sem mais nem menos, de todos os(as) amigos(as) que vocês são?
Talvez o título que escolhi não tenha sido o mais feliz...

Beijo Amigo para ti,

15 de julho de 2007 às 11:11  
Blogger Maria Faia disse...

Querido Amigo Mário,

Como sempre, as tuas palavras são carinhosas e amigas, como tu sabes ser em excelência.
Apesar do pouco tempo que me resta para estas actividades, aqui estarei, um dia destes e qualquer dia, hoje e amanhã, partilhando este paço de amizade que é a blogosfera e, no qual TODOS fazemos falta, cada um ao seu estilo. Essa é a riqueza da da blogosfera.

Um beijo amigo para ti.

15 de julho de 2007 às 11:15  
Blogger Maria Faia disse...

Amigo Guardião,

Eu queria estar de férias mas, ainda não.
São outras formas de participação cívica e social - é o Ser em movimento.

Cumprimentos também para si.

15 de julho de 2007 às 11:17  
Blogger Maria Faia disse...

Que bom Bichodeconta,

Faço minhas as tuas palavras.
Vivamos todos.

Beijinho

15 de julho de 2007 às 11:18  
Blogger Maria Faia disse...

Olá Vitor,

Não sou anjo nem diabrete. Apenas um ser comum, um ser do povo, saloio como alguns preferem chamar ao povo simples e genuíno.
Sem artes de "santidade" ou "malvadez", vivendo a vida como sei e gosto.
Ah! E oiço. E, sobretudo, sinto os apelos de amizade.

Beijinhos para ti e, parabéns pelo novo blog. Adorei.

15 de julho de 2007 às 11:23  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial