domingo, 23 de setembro de 2007

AS PESSOAS EM PRIMEIRO LUGAR...

Transporto para o Querubim uma postagem que, pelo seu carácter inovador e de extrema utilidade social e rodoviária, me parece importante divulgar por todos os meios.
Quem sabe os nossos governantes, atentos como andam a estas coisas da Blogosfera, não a importam também eles e adaptam a tecnologia existente às necessidades daqueles que maiores dificuldades têm?!...
A esperança é a última coisa que morre...
“ Quantas vezes ao atravessarmos uma passagem de peões, não somos apanhados desprevenidos pela mudança de sinal verde para vermelho? Sabe-se que o tempo de passagem é muito pequeno e nem sempre o podemos controlar imaginativamente com o rigor dispensável. Daí a necessidade a um recurso muito fácil de instalação como a foto bem ilustra: a sinalização digitalizada com contagem decrescente do tempo concedido aos peões nestas travessias tão especiais. Este é um bom exemplo de vontade que as autoridades tiveram na defesa e segurança dos peões. Pena é que iniciativas destas ainda só aconteçam noutras paragens!!!!!”
In: Atento, de Manuel G0mes

17 Comentários:

Blogger Jose Gonçalves disse...

Olá Maria Faia

Aqui ao lado em Espanha este tipo de semáforo com a indicação do tempo que falta para abrir o sinal verde é já comum, facto que constatei com agrado recentemente.
Mas isso são outros países e outras mentalidades. Nós cá estamos muito acima deles todos.... (pensam eles)...
Bom domingo
José Gonçalves

23 de setembro de 2007 às 14:58  
Anonymous aramis disse...

Amiga Maria Faia,

Era uma excelente ideia, pois sobretudo em avenidas mais largas, a passagem repentina do verde para o encarnado, é um perigo enorme!

Desejo-lhe um optimo domingo, com tudo o que gosta!

23 de setembro de 2007 às 16:13  
Blogger o guardião disse...

Alguém merece bem o título de "atento", porque muitas vezes passamos pelas coisas e nem damos conta da sua real utilidade.
Cumps

23 de setembro de 2007 às 22:34  
Blogger mãe global disse...

Maria,
Como sempre trazes um assunto de importância. Eu, aqui no Brasil, não conhecia esta tecnologia e concordo contigo que é muito importante o pedestre saber o tempo que lhe resta para atravessar a rua, evitando assim, acidentes graves. Uma boa semana para ti!
Beijos,
Rosana

23 de setembro de 2007 às 23:17  
Blogger Mário Margaride disse...

Querida amiga,

Seria de facto uma excelente ideia!

Pricipalmente nos grandes centros urbanos, onde milhares de carros circulam diáriamente nas nossas cidades.

Veremos se os nossos governantes. Estarão atentos!

Boa semana

Beijinhos

24 de setembro de 2007 às 00:08  
Blogger Jose Gonçalves disse...

Olá Maria Faia.

Vim desejar-lhe boa semana e agradecer-lhe mais uma vez as suas palavras.
Deixei um doce à sua disposição em minha casa. Quando quiser faça o favor.
Beijinhos e .. até logo...
Jose´Gonçalves

24 de setembro de 2007 às 09:14  
Blogger TINTA PERMANENTE disse...

Uma boa e oportuna sugestão!... Com certeza bem capaz de evitar alguns acidentes! Oxalá a vejam...

(se bem que pelo jeito que a coisa leva, é tão perigoso na passadeira como no passeio...)

abraço.

24 de setembro de 2007 às 15:00  
Blogger Bichodeconta disse...

A idéia é boa, assim os mitoristas se lembrem que os peões tem o direito de passar em segurança.. Eu que adoro conduzir, não esquecerei jamais que em outras ocasiões eu sou peão e quero usar do direito sagrado de atravessar em segurança.. Um abraço, e parabéns pelo tema..

24 de setembro de 2007 às 21:14  
Blogger Lusófona disse...

Olá Maria!! Esta eu não conhecia... é realmente muito bom, pois já vi inúmeras vezes pessoas indecisas ao atravessar ou não a rua por causa do tempo do semáforo... já aconteceu inclusive comigo.. isto é perigoso..

Parabéns pelo post!

24 de setembro de 2007 às 21:29  
Blogger De Amor e de Terra disse...

Ainda não "topei" com nenhum destes...quem dera que proliferem!!!

beijos Amiga

Maria Mamede

25 de setembro de 2007 às 15:14  
Blogger Izelda Regina disse...

Olá Maria,
Muito bom post, é realmente uma necessidade, pois nem sempre estamos atentos o suficiente...
Aqui no Brasil também nos deparamos com essas coisas, que se mudassem fariam uma grande diferença na vida das pessoas.
Abraços, amiga.

25 de setembro de 2007 às 20:29  
Blogger Comandante Ludovicus Rex disse...

Seria de implantar em toda a rede nacional. Sem dúvida, uma boa iniciativa.
Kiss

25 de setembro de 2007 às 22:50  
Blogger Meg disse...

Maria Faia,
Assino por baixo a tua proposta que, além de inovadora, é de uma grande importância.
Ainda a semana passada isso se passou comigo no Campo Pequeno, e não estou trôpega!!!
Mas tive de correr.

Beijinhos

26 de setembro de 2007 às 13:44  
Blogger Freyja disse...

que linda eres, siempre preocupada de todo
te dejo muchos cariños y que estes muy bien, que mañana sea un lindo dia, cuidate amiga
y mucho animo, mil besitos


besos y sueños

27 de setembro de 2007 às 00:29  
Blogger Um Momento disse...

OLha...
Por acaso nunca tinha visto
Sempre bem informados contigo:)))
Muito obrigado
Um beijo ... em ti
:)))
(*)

27 de setembro de 2007 às 16:47  
Blogger Ernesto Feliciano disse...

Amiga Maria Faia,

Esta era de facto uma excelente ideia para ser concretizada.

Certamente que faria com que os acidentes nas passadeiras diminuíssem.

Pode ser que algum governante mais atento, repare nos exemplos de outros países, e faça também esta inovação em Portugal.

Esperemos que sim.

27 de setembro de 2007 às 19:29  
Blogger Maria disse...

Bem observado. Idosos a atravessar avenidas grandes correm sérios riscos. Qualquer de nós com uma lesão temporária ou obviamente quem tenha dificuldades permanentes de locomoção ou de localização. O centro onde trabalho é na Av. Álvaro Pais (quatro faixas...). Já pedimos à Câmara para colocar sinalização sonora nos sinais porque muitos dos utentes do centro são invisuais. Nada até agora. Nem a correcção do passeio, nem um pedacinho mais de tempo de sinal verde, como se ter carro fosse um privilégio e os outros que se cuidem porque só atrapalham. Também, como tu, pensava que as estruturas alternadas entre condutores e peões eram para coordenar percursos, não para os hierarquizar... Um abraço, boa chamada de atenção.

29 de setembro de 2007 às 16:52  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial