quinta-feira, 4 de outubro de 2007

LIBERDADE, IGUALDADE E FRATERNIDADE.

Estimados Amigos,
Deixo-vos hoje, véspera de fim de semana alargado, com uma importante questão, que a todos deve fazer reflectir.
Todos quantos me conhecem sabem que, apesar de ser Católica, sou Republicana confessa e acérrima defensora dos princípios da IGUALDADE e LIBERDADE pelo que, não enfiando a cabeça na areia, sinto ser meu dever manifestar publicamente o meu repúdio pelo favorecimento de alguns em detrimento de outros.
Pela LIBERDADE RELIGIOSA E IGUALDADE DE OPORTUNIDADES.
Por esta razão, aqui vos deixo este artigo, para reflexão.
A todos vós desejo um óptimo Fim de Semana.
" A aprovação da actual Constituição da República Portuguesa deveria ter posto termo aos regimes de privilégio então (1976) existentes em Portugal -- e, designadamente, ao regime de privilégio de que a Igreja Católica Romana aí tem vindo a auferir desde sempre. Trata-se tão simplesmente de garantir que, no Portugal moderno a que aspiramos, nenhum cidadão possa ser discriminado, positiva ou negativamente, designadamente, por razão de crença ou de não crença religiosa. Contudo, por muitas razões que a História nos há-de exlicar -- ou ir explicando... --, tal não sucedeu e, apesar dos (bons) propósitos dos constitucionalistas de 1976, até aos dias de hoje, a Igreja Católica Apostólica Romana continuou a assumir-se no país como se continuasse investida no seu velhíssimo estatuto de «Religião de Estado». Um dos muitos espaços de intervenção em que esse (abusivo) estatuto de primazia e exclusividade se faz sentir é o da assistência espiritual/religiosa a doentes internados em estabelecimentos da Rede de Saúde Pública e, no momento em que, ao que parece, o Governo da República (Ministério da Saúde) procura definir uma regra equilibrada e equitativa na regulamentação daquela actividade assistencial, os bispos católicos saem a terreiro em aceso protesto de tipo... sindical, já que, como é bom de ver, estão sobretudo em causa relações laborais (vínculos e salários) dos seus capelães. A «coisa» chegou mesmo ao ponto de o Cardeal José Policarpo, em recente intervenção sobre a matéria -- e em aparente «acto falhado» --, ter acabado a lembrar que... "há ainda muita loiça para partir" !!!

6 Comentários:

Blogger avelaneiraflorida disse...

A propósito do "feriado" tive uma conversa com os meus variados "besouros" sobre os acontecimentos e as figuras que são retratadas nesta ilustração...

Sinto-me na obrigação de lhes lembrar que não 3 dias sem a seca das aulas...por detrás disso há VALORES que fazem parte da nossa Memória colective e do seu próprio futuro!!!!

NO final, já não disseram "bom feriado!" e isso foi muito bom !!!

UM BOM FIM DE SEMANA!!!
BJks

4 de outubro de 2007 às 22:48  
Blogger papagueno disse...

Qualquer doente deve ter direito a assistência religiosa na sua confissão sempre que desejado. Não me choca muito haver capelanias nos hospitais o que é inadmissível é que os ditos sacerdotes sejam remunerados pelo Ministério da Saúde e possuam um vinculo com o estado. Isto numa altura em que tantos funcionários públicos estão a ser compulsivamente atirados para a "mobilidade".
Viva a República.
Beijos

5 de outubro de 2007 às 14:59  
Anonymous aramis disse...

Querida Maria Faia,

Como sempre, passei e gostei muito do que vi!
Desejo-lhe um muito, muito bom fim de semana com tudo o que merece (que eu acho que é tudo!).
Beijos muitos

Tenho saudades suas.

5 de outubro de 2007 às 16:12  
Blogger Sophiamar disse...

Querida Amiga

Também a ti te desejo um excelente fim de semana. Quanto aos ideais republicanos, não deixemos que eles desvaneçam. Lutemos por uma sociedade mais justa onde não faltem o pão, o trabalho, a instrução, a saúde para todos.

Beijinhosssss

5 de outubro de 2007 às 20:32  
Blogger Meg disse...

Um bom tema para pensar. Porque andamos um tanto distráidos... uma grande parte de nós, pelo menos.
E tu, sempre atenta, Maria Faia!
Bem hajas!

Beijinhos

5 de outubro de 2007 às 21:18  
Blogger C Valente disse...

Liberdade Igualdade, Fraternidade, palavras tão bonitas e tão esquecidas , principalmente pelos governantes que de repubicanos socialistas nada tem
bom fim de semana
saudações amigas

6 de outubro de 2007 às 01:25  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial