quarta-feira, 25 de abril de 2007

25 DE ABRIL ...SEMPRE!

"Uma gaivota voava, voava,
asas de vento,coração de mar.
Como ela, somos livres,
somos livres de voar.
Uma papoila crescia, crescia,
grito vermelho num campo qualquer.
Como ela somos livres,
somos livres de crescer."
in: Emelinda Duarte

18 Comentários:

Blogger Ludovicus Rex disse...

Belo e lindo posta, Minha Amiga. Uma papoila crescia, crescia,grito vermelho num campo qualquer...
Que Abril permaneça sempre nos nossos corações. Viva o 25 de Abril! Viva a Liberdade! Viva Portugal!

25 de abril de 2007 às 02:59  
Anonymous rui disse...

25 de Abril Sempre

25 de abril de 2007 às 03:13  
Blogger MariaFaia disse...

Estimado Ludovicus,
Que o Povo não nunca esqueça,
Que os nossos filhos aprendam...
Que o futuro nos sorria,
E as gentes não se arrependam!

25 de Abril Sempre.

25 de abril de 2007 às 04:30  
Blogger Jose Gonçalves disse...

25 de Abril todos os dias
José Gonçalves

25 de abril de 2007 às 09:48  
Blogger Jose Gonçalves disse...

25 de Abril todos os dias
Viva a Liberdade! Viva Portugal!

25 de abril de 2007 às 09:59  
Blogger MariaFaia disse...

Estimado Amigo José Gonçalves,
Para que as amarras assassinas do poder autoritarista e faxista da ditadura permaneça morto, necessário se torna que, todos os dias, os amantes da liberdade democrática saibam construir o futuro, com responsabilidade, altruismo, sentido crítico e em fraternidade, lutando pela cada vez maior dignificação da Pessoa Humana.
Por vezes, olhando para o egocentrismo, individualismo e materialismo dos Homens de hoje temos, temo que o não consigamos fazer...

25 de abril de 2007 às 13:30  
Blogger MGomes disse...

O 25 de Abril e o que ele trouxe de transformação social nas nossas vidas, está aí, no dia a dia de todos nós. Viva o 25 de Abril.
Um Abraço

25 de abril de 2007 às 20:23  
Anonymous Anónimo disse...

Maria Faia, gosto da sua ideia de postar sobre "ABRIL" para que o não esqueçamos, agora POR FAVOR, não escreva FAXISTA (só poder derivar de fax!!!) "5 de Abril SEMPRE, Fascismo NUNCA mais!

25 de abril de 2007 às 23:22  
Blogger Praça Stephens disse...

Boa escolha, minha querida amiga, sempre gostei destas palavras...
o teu blogue está lindo
bjs

25 de abril de 2007 às 23:26  
Blogger MariaFaia disse...

Caro MGomes,
25 de Abril será SEMPRE.
E, apesar dos problemas sociais, económicos e outros com que nos debatemos, muitas foram as conquistas já ganhas por vivermos em Liberdade.
Um abraço amigo,

25 de abril de 2007 às 23:56  
Anonymous uma papoila crescida disse...

Citando

Sophia de Mello Breyner Andresen

25 de Abril

Esta é a madrugada que eu esperava
O dia inicial inteiro e limpo
Onde emergimos da noite e do silêncio
E livres habitamos a substância do tempo

Um belo poema para acrescentar algo muito belo sobre Abril.
Viva a Liberdade

25 de abril de 2007 às 23:58  
Blogger MariaFaia disse...

Caro(a) Anónimo(a),
TEM TODA A RAZÃO. Fez muito bem em chamar a atenção porque, quando escrevi as poucas palavras que a postagem tem, já estava tão cansada que nem dei conta do "erro de palmatória" escrito e, como não reli...
Apesar de, como deve imaginar, saber escrever fascismo, congratulo-me com o seu comentário.
Ele é a prova viva que a LIBERDADE EXISTE e o DIÁLOGO une as pessoas.

Saudações livres,
Maria Faia

26 de abril de 2007 às 00:01  
Blogger MariaFaia disse...

Meus caros Amigos do Praça Stephens,
Honra-me a vossa visita, especialmente neste grandioso dia.
Transcrevo aqui o slogan que hoje gritei na manifestação comemorativa da Liberdade:
25 DE ABRIL SEMPRE. FASCISMO NUNCA MAIS.
Um abraço livre para vós.

26 de abril de 2007 às 00:08  
Blogger MariaFaia disse...

Cara Papoila Crescida,
Sophia de Mello Breyner Andersen era uma Mulher Sábia que sabia usar as palavras de uma forma magnífica.
Por isso, a quadra que nos relembra delicia a alma de quem a lê... É que, na verdade, a noite deu lugar ao dia.
Cordialmente,

26 de abril de 2007 às 00:15  
Blogger Ernesto Feliciano disse...

Amiga Maria,
O dia 25 de Abril é uma marca da liberdade de todos nós.
Como tal não pode, nem deve, ser esquecido.

28 de abril de 2007 às 14:22  
Blogger MariaFaia disse...

Caro Ernesto,
25 de Abril é, para mim, sinónimo de vida.
Vida que todos devemos contruir de uma forma livre, responsável e solidária.
25 de Abril SEMPRE

28 de abril de 2007 às 22:57  
Blogger Beth disse...

25 de abril sempre .....
somos livres para crescer e voar.

Seu espaço é lindo. Parabéns.


PS: Sou brasileira. O que significa o dia 25 de abril???

2 de maio de 2007 às 17:41  
Blogger MariaFaia disse...

Olá Beth,
Resumidamente aqui deixo um pouco da história recente portuguesa.
O 25 de Abril Português significa LIBERDADE.
Portugal viveu subjugado por um regime ditatorial desde 28 de Maio de 1926. O golpe militar de 1926 derrubou a 1ª República, um regime republicano português e, impôs o regime autoritário chamado ditadura. Este proibiu as liberdades cívicas, sociais e políticas aos cidadãos portugueses, fechando o país sobre si próprio e, desta forma transfromando-o num país onde o conhecimento e a cultura não entravam - saíam porque quem era culto e se rebelava contra o regime, ou era deportado para as então colónias portuguesas (Angola, Moçambique, Guiné , S. Tomé e Cabo Verde) ou via-se obrigado a procurar asilo político no estrangeiro. Os homens do regime sentiam-se e proclamavam-se "orgulhosamente sós" e, com isso foi o povo português que pagou a factura do subdesenvolvimento e isolamento.
Num só dia - 25 de Abril de 1974 -, um novo golpe militar conduzido pelos oficiais intermédios da hierarquia militar , na sua maior parte capitães, derrubou o regime autoritário e autoritarista vigente há 48 anos e devolveu ao povo português a Democracia e a Liberdade. Ás então colónias ou provínicias ultramarinas foi dada a independência porque tanto lutaram.
Foi a chamada "Revolução dos Cravos" que todos nós, os democratas, Homens e Mulheres Livres e de Bons Costumes, tanto amamos.
Obrigado pelo seu interesse e... volte sempre.
Daqui envio um beijo português para si.
Maria Faia

2 de maio de 2007 às 21:22  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial